TIM busca sempre evoluir junto com seus clientes individuais e corporativos. Por isso, trabalha constantemente na melhoria da sua rede para oferecer serviços de telefonia móvel, fixa e internet de última geração. Atualmente, possui a mais ampla cobertura 4G do Brasil e planos de internet fixa 10 vezes mais rápidos que a média da banda larga brasileira com o Live TIM.

  • Posts Recentes!
celular espionado

Celular espionado: Como descobrir?

Você desconfia que o seu celular está sendo espionado por hackers e outros usuários mal intencionados que agem na web? Embora a identificação de um espião possa ser complicada na maioria dos casos, vide o rápido desenvolvimento de ferramentas de invasão de dispositivos, existem algumas dicas que podem lhe auxiliar a identificar se é o seu caso.

A dificuldade está atrelada, geralmente, às próprias limitações dos sistemas operacionais. Por outro lado, suas atualizações são igualmente acompanhadas por inovações apresentadas pelos hackers, que buscam formas de contornar a segurança dos dispositivos.

Abaixo separamos algumas formas para aumentar sua privacidade e identificar se o seu dispositivo móvel está sendo, eventualmente, espionado por terceiros.

celular espionado

Conheça os planos TIM controle e encontre o melhor para você falar, usar Whatsapp e mídias sociais. Saiba mais aqui!

Celular espionado? Confira algumas dicas para conferir se é o seu caso

Saber se o seu celular está sendo vigiado por terceiros e se os dados nele guardados estão sendo alvo de hackers é muito importante para garantir sua privacidade.

Nesse viés é importante lembrar que os celulares costumam ser munidos de informações e dados diversos que, basicamente, desenvolvem uma biografia digital do usuário.

Assim, para manter suas fotos, endereços e dados bancários livres do acesso alheio, é possível tomar algumas simples atitudes que podem demonstrar eventual alteração da proteção dos dados ou se está sendo o celular espionado.

1.  Whatsapp Web: Confira sessões

O WhatsApp Web corresponde a uma extensão do WhatsApp que permite o acesso da ferramenta pelo computador, não sendo necessário ter o celular em mãos para acessar as mensagens e respondê-las, bastando que o celular esteja ligado.

celular espionado

Por outro lado, ele é uma maneira extremamente fácil de promoção de espionagem no celular. Não raro o usuário mantém o aplicativo autorizado para certo desktop mesmo que ele não seja de uso pessoal, o que pode ser um erro e permitir que terceiros tenham acesso às mensagens.

Para identificar se o celular está sendo espionado pela extensão, acesse o seu WhatsApp. Em seguida, clique no canto superior direito, nos três pontos disponibilizados de forma vertical. Então, selecione “WhatsApp Web” e analise quais as sessões indicadas como abertas.

Retirar a autorização é fácil: basta clicar na sessão que se deseja desconectar ou, então clicar em “Sair de todas as sessões”. Assim, para acessar novamente o aplicativo pelo computador basta autorizar no momento do uso e sair da sessão após o término, sem prejuízo ao usuário.

2.  Verifique o histórico de acesso

Aplicativos como o Facebook, Instagram, Twitter e Gmail resguardam em suas configurações informações sobre seu histórico de acesso. Aliás, eles também enviam um e-mail ao usuário ou mensagem ao identificar novo acesso, o que pode auxiliar.

Para analisar o histórico acesse cada um dos aplicativos e suas configurações.

3.  Analise o root ou jailbreak

Root é como é chamado o acesso máximo especial aos dispositivos Android. No iPhone, essa função se chama Jailbreak. Essas ferramentas são utilizadas para promover a instalação de programas típicos de espionagem.

Contudo, existem programas para análise de Root e Jailbreak que podem indicar sua presença no celular e se ele está sendo espionado.

4.  Lista de permissões especiais

Muitos aplicativos dependem de permissões de acesso aos dados. Contudo, sua acessibilidade deve se restringir às funções que realmente realizam. Por exemplo, não faz sentido que um aplicativo de culinária ou de filmes tenha acesso aos seus contatos.

Além disso, caso você se depare com permissões como “Administrador do dispositivo”, “Sobrepor a apps”, “Acesso a notificações” e “Instalar apps desconhecidos” ligue o alerta vermelho! A maioria dos aplicativos não tem razão para acessá-los e isso pode demonstrar um celular espionado por agentes nocivos como hackers.

5.  Antivírus

Essa opção é disponível apenas para os celulares com sistema operacional Android, não existindo para os iPhone. Assim, busque um antivírus e realize seu download e instalação.

Para isso, entretanto, tome cuidado para escolher um antivírus que seja amplamente conhecido e que realmente possa conceder segurança ao seu celular. Uma pesquisa rápida no Google é demonstrar quais são seguros e quais devem ser evitados. Analise também os comentários na Play Store e avaliação de quem fez uso do app contra vírus.

Isso é importante na medida em que muitas vezes aplicativos estão disfarçados de antivírus ao mesmo tempo em que se dedicam ao efeito contrário, ou seja, a hackear o dispositivo e tornar o celular espionado.

Todas essas dicas podem ser de grande auxílio para conferir segurança ao seu celular e evitar que ele seja alvo de ações criminosas e mal intencionadas.

Evitar um celular espionado significa também ter cuidado com todos os aplicativos que são instalados, as autorizações de acesso, assim como os links e downloads que são realizados. O compartilhamento de dados pessoais também deve ser evitado, assim como a instalação de ferramentas que não estão presentes na loja de aplicativo do sistema operacional utilizado.

Conectar e cuidar de cada um para que todos possam fazer mais.